Seja bem vindo ao nosso site! Sinta-se à vontade para navegar e conhecer nossos produtos.
 
  Home | Cadastre-se | Auditório | Nossa Estrutura | Nossa história | Nossos Produtos | Onde atuamos? | Política de RH |
  Ainda não é cadastrado? Cadastre-se agora e faça seus pedidos online.
  Cadastros
  Fale conosco
  Trabalhe conosco
  Receitas
  Dieta Nota Dez: como enganar a fome  

Um dos grandes problemas quando começamos uma dieta ou decidimos emagrecer é contornar a fome. Muitas pessoas fazem errado: passam grande tempo em jejum e para saciar a vontade, acabam exagerando na quantidade ou escolhendo errado os alimentos. Frustradas, acabam culpando a dieta que resolveram fazer mas que não conseguiram seguir direito. Visando estabelecer uma educação alimentar contínua e de resultado, entrevistamos Barbara Rescalli Sanches, nutricionista da Progress Academia.

 
A especialista ensina truques infalíveis para driblar o grande inimigo dos regimes: a fome. “Seguindo esses passos, qualquer dieta vira nota dez já que você vai colher os resultados dela depois de um tempo”, declara Barbara.

Antes de começar, existe uma regra básica: devemos nos alimentar pelo menos a cada 3 horas para estimular o metabolismo, resultando em uma média de 5 a 6 refeições por dia deve ser realizada. Se mesmo com essa quantidade de lanches, você tiver fome, fracione ainda mais o consumo. “Consumindo menor quantidade, mais vezes por dia, você evita que aquele fome apareça fora de hora. A primeira coisa que devemos pensar é que o organismo não está equilibrado, pois um organismo equilibrado e saudável sente fome na hora que é para sentir fome”, explica Barbara.

Outro erro comum, além de passar muito tempo sem consumir nenhum alimento, é ingerir pratos não saudáveis. “Não adianta quando aparecer aquela fome consumir alimentos não saudáveis, pois isso vai desequilibrar ainda mais o organismo fazendo com que esse ciclo se repita freqüentemente levando ao vício”, ensina.

Na hora em que a fome pintar, dê preferência para alimentos que nutrem e não apenas matam a fome. Isso quer dizer que devemos procurar alimentos ricos em nutrientes como frutas, suco naturais, castanhas como castanha-do-brasil, castanha de caju, avelã, nozes, frutas desidratadas como damasco, uva-passa, entre outros.

O importante é manter a qualidade, só assim você vai dar o nutriente que o corpo precisa, com isso vai parar de "pedir" comida fora de hora. “Essa fome é a falta de nutrição adequada, mesmo para quem tem uma alimentação saudável, porque os alimentos passam por diversos processos como mastigação, digestão e absorção que sofrem muitas influências”, fala a nutricionista. Se essa fome for freqüente, você precisa procurar a orientação de um nutricionista funcional para identificar qual é o seu problema.
 
“Nunca esqueça da qualidade da sua alimentação, pois caloria não é tudo. Alguns estudos já comprovaram que a alimentação com mais calorias e qualidade emagrece mais que a pobre em nutrientes”, defende. Então, esqueça a contagem de calorias e procure orientação profissional para verificar qual a melhor alimentação e o cardápio específico para você.
 

Foto: Getty Images



Fonte: Corpo e Dieta - UOL
Notícia postada dia 13/10/2008 às 09:01:45 horas
 
 
   
 
   
Copyright 1996/2018 - Porto & Pereira LTDA. Todos os direitos reservados.
Envie seu curriculum
Via Perimetral 2-D Qd. 05 Lt. 02 - DAIA - Anápolis-GO
CEP: 75.133-600 - Fones: (62) 3316-5353 / 3316-5158